Lama Rigdzin

Lama Rigzin foi estudante de S. Ema. Chagdud Tulku Rinpoche desde 1992, primeiramente no Rigdzin Ling, Califórnia, e, desde 1995, no Brasil. Durante esse período ele atendeu a muitos ensinamentos e retiros, e serviu Rinpoche de maneiras variadas. Suas habilidades em construção e artesanato foram extremamente valiosas durante a construção do templo no Khadro Ling, e, sendo um excelente artista, trabalhou com Rinpoche em projetos artísticos, mais notavelmente na grande estátua de Buda Akshobia. Ele também serviu como tchopen (mestre de altar), umze (mestre em entoar), dançarino de dança dos lamas e como tradutor do Rinpoche. Suas qualidades foram oficialmente reconhecidas por Rinpoche em uma ordenação como lama em 2002. Lama Rigdzin e sua esposa, Lama Yeshe, foram convidados a ser os lamas residentes do Chagdud Dordje Ling em Curitiba, Paraná. Lama Rigdzin se comunica em português.